Notícias/Artigos

Blog

12 de maio de 2021 unhas por dratatigabbi Sem Comentários

6 cuidados para prevenir a micose da unha do pé

Se você percebeu descascamento de unhas ou descamação nos dedos – esses são sintomas que podem indicar uma micose.

De acordo com o Observatório Nacional de Onicomicose, um dos tipos mais prevalentes é a micose de unha, principalmente dos pés, e é por isso que esse post será dedicado a mostrar como prevenir a micose da unha do pé.

Eu sou a Dra. Tatiana Gabbi, médica dermatologista, e se você tem micose de unha, desconfia que tem, ou até se você não apresentar nenhum sintoma, esse post é importante para você!

Continue lendo!

 

O que é a micose?

A micose é uma doença infecciosa, causada por fungos  que produzem uma substância que consome a queratina da unha (que é a proteína presente na unha, no cabelo e na pele).

Ela pode acometer diversas partes do corpo, a depender do tipo de fungo, como:

– Couro cabeludo

– Unha

– Corpo

– Virilha

– Barba

– Entre outros locais

Cada um desses lugares vai ter uma denominação diferente e um tipo de tratamento um pouco diferente também.

Porque a micose da unha do pé é mais comum?

Os pés são lugares em que os fungos mais gostam de infectar, por várias características (como o fato de calçar sapatos, não usar meias e repetir o mesmo sapato várias vezes seguidas).

Isso acaba deixando o ambiente quente e úmido, que são as características preferidas deles. Além disso, o próprio sapato tem restos de pele, então o fungo não morre; ele fica lá esperando para voltar e se alimentar.

A micose de unha é mais frequente após os 60 anos. Isso acontece porque, após essa idade, as unhas tendem a crescer mais devagar e isso favorece a infecção pelos fungos.

 

A micose da unha é contagiosa?

Sim. Você pode pegar de outras pessoas e, até mesmo, contaminar suas próprias unhas. Inclusive, é isso que geralmente acontece: começa em uma unha e vai indo para as outras.

 

Diagnóstico e tratamento da micose da unha dos pés

Diagnóstico

O diagnóstico de micose de unha pode ser feito clinicamente com o auxílio de um dermatoscópio, mas, em alguns casos, o médico pode solicitar exames complementares para a identificação do fungo, que são:

– O exame micológico direto;

– E a cultura para fungos.

Dependendo do tempo de doença e da situação da unha, podem ser necessários alguns procedimentos médicos para acelerar o tratamento.

 

Tratamento

Para tratar de uma micose da unha do pé, é necessário orientação médica. O tratamento, que é bastante prolongado, exige medicamentos orais na maioria das vezes.

O medicamento oral utilizado para o tratamento de micose de unhas é metabolizado (ou seja, eliminado do nosso organismo) no fígado.

Portanto, não se recomenda ingerir substâncias – medicamentosas ou não – que compartilhem da mesma via, ou seja,  não se deve consumir bebidas alcoólicas durante o tratamento e também não se deve fazer o uso de medicamentos por conta própria.

O médico sempre deve acompanhar esse tipo de situação.

 

O que não se fazer em caso de micose da unha do pé

– Não adianta usar remédios caseiros ou pingar antifúngicos sem a recomendação do médico

– Limpar embaixo da unha – isso só irá prejudicar e arrastar o quadro.

– Arrancar a unha não irá tratar uma micose. Assim como o fato de a unha doente cair não resolverá o quadro. Se o tratamento correto não for feito, uma nova unha doente poderá nascer!

 

A micose da unha do pé não cura sem tratamento

A micose de unha não se cura sem tratamento e se você não tomar os cuidados necessários ela pode voltar.

Como o tratamento para essa doença infecciosa é demorado, é muito importante que você evite pegar de novo, e a melhor forma de prevenção é através de cuidados com os pés e sapatos.

Vou te ensinar quais são os cuidados que você deve ter para não pegar a micose de unha de novo, confira:

 

Confira como prevenir a micose da unha do pé em 6 passos

Como vimos, a micose é causada por fungos que normalmente atacam primeiro os pés. Por esse motivo, uma boa forma de prevenir é cuidar dos seus pés e tratar frieiras e descamações assim que elas surgirem!

A seguir, vou dar 6 dicas para prevenir a micose da unha do pé. Preste atenção nessas orientações:

1. Não use o mesmo sapato dois dias seguidos. Tente revezar e aproveite para fazer a descontaminação dos calçados

2. Use talco antisséptico, lysoform ou deixe os sapatos no sol de um dia para o outro

3. Seque muito bem os pés depois do banho

4. Use meias limpas com os sapatos! Procure não usá-los sem meias!!!

5. Cuide do ambiente onde você guarda os seus sapatos para que não junte mofo.

6. Os pés estão descansando? Procure o dermatologista para saber se é micose. A micose é frequentemente confundida com pés secos e tratada erroneamente com cremes hidratantes, sem sucesso!

Esses cuidados são importantes mesmo para quem não tem micose, afinal, eles são PREVENTIVOS.

 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto?

Você pode conferir outros artigos que já publiquei sobre o tema!

São esses:

 

Ou ainda, você pode deixar o seu comentário aqui que eu respondo!

Se você gosta de conteúdos como esse, pode também me seguir lá no Instagram, onde sempre dou dicas de dermatologia e nutrologia!

Um beijo e até a próxima!

 

Publicado por Dra. Tatiana Gabbi

Gostou ? Compartilhe!

Sem Comentários

Deixe um Comentário