Notícias/Artigos

Blog

17 de Março de 2020 Cabelos por dratatigabbi Sem Comentários

Existe tratamento para calvície e ela pode atingir homens e mulheres

Se os seus cabelos estão cada vez mais ralos, provavelmente você está se perguntando se calvície tem tratamento. A resposta é: sim. Continue lendo que eu vou te ajudar com informações importantes sobre o assunto! 

A perda de cabelos tem impacto significativo na aparência, e pode ser fonte de preocupação para homens e mulheres. A alopecia androgenética, também conhecida como calvície, é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos.

Embora seja mais comum no sexo masculino – estima-se que 80% dos homens com mais de 80 anos sofram do problema, de acordo com a SBD – ela também pode afetar as mulheres. Nos homens, a perda de cabelo tende a se concentrar no topo do couro cabeludo.

Nas mulheres, é mais difusa, com preservação da área de implantação dos fios. Isso quer dizer que, em geral, não vemos entradas nas mulheres, mas os fios ficam mais finos e espaçados e podemos até enxergar o couro cabeludo através deles.

A boa notícia é que, hoje em dia, há inúmeras opções de tratamento. Quer conhecer as alternativas? Continue comigo até o final!

 

Calvície tem tratamento, mas sempre consulte um dermatologista!

A proteção natural da nossa cabeça é o cabelo, que age como filtro solar e nos protege de problemas como frio e traumas. Uma curiosidade é que, geralmente, temos aproximadamente 150 mil fios de cabelo.
O cabelo cresce 0,35mm todos os dias (a cada 24 horas, mais especificamente) e ele é programado para trocar os fios no período de 3 – 5 anos, mas isso depende da pessoa também.

Para algumas pessoas, esse quadro não acontece da forma esperada e isso acaba sendo frustrante e afetando a autoestima. Vários fatores podem ser responsáveis por isso e nem toda perda de cabelos é igual! A alopecia androgenética é uma das doenças que leva a perda de cabelos e é por esse motivo que eu recomendo consultar um dermatologista! Ele fará uma investigação das características e das prováveis causas do problema.

 

Algumas opções de tratamento para calvície

1 – Medicamentos
Dentre as opções terapêuticas estão os medicamentos de uso local (como soluções de minoxidil e 17 alfa estradiol), orais (como a finasterida) e antiandrógenos sistêmicos (como a ciproterona e espironolactona e, mais recentemente, o minoxidil oral).

 

2 – Laser e microagulhamento
Existem também técnicas com aplicação de lasers e microagulhamento com e sem uso de medicamentos. Todas essas técnicas podem ser utilizadas para estimular o crescimento dos fios. Nos casos mais acentuados, o transplante capilar pode ser indicado com resultados cada vez mais naturais!

 

3 – Transplante capilar
O transplante capilar retira folículos capilares dos locais com maior quantidade de fios (que esteja saudável e sem indício de problema genético) e os realoca para a parte cabeça que sofreu com a queda capilar. Isso funciona bem no sexo masculino porque nos homens há uma diferença entre o tipo de cabelo que fica no topo da cabeça e na região próxima a nuca (área doadora).

Como saber se você tem calvície mesmo?
Geralmente, os sinais de calvície podem aparecer nas pessoas de 20 até 30 anos, mas também podem começar a se manifestar a partir dos 15 anos (já que a puberdade aumenta a quantidade de hormônios).

 

Listei 8 sinais da calvície para observar em casa (mas existem outros, por isso procure um especialista se observar algo de anormal na sua rotina capilar):

01. Os cabelos demoram mais a crescer e ficam mais finos.
02. A raiz do cabelo fica mais fraca e cai, não crescendo novos fios no lugar.
03. Para os homens, a queda do cabelo começa com aumento das “entradas” e logo depois vai para as partes central e superior.
04. Para as mulheres, a queda dos fios começa na parte central e segue para as laterais superiores.
05. Menor volume de fios. Para as mulheres com cabelos mais compridos, principalmente, caso haja uma diminuição no volume, é importante consultar um dermatologista.
06. Toda pessoa tem um limite comum de fios para perder, que varia entre 100 a 120 fios por dia. Caso você esteja perdendo um volume maior do que esse e sem reposição, procure ajuda de um especialista.
07. Verifique se na sua família existe o histórico de perda de cabelo, já que a calvície também pode ser hereditária.
08. O couro cabeludo aparente também pode ser uma forma de descobrir a calvície; então, se o seu cabelo estiver molhado e você perceber que algumas regiões do couro cabeludo aparecem, provavelmente está ficando calvo.

 

Causas da calvície

Você já sabe que calvície tem tratamento, mas mesmo assim é possível que esteja se perguntando qual o motivo da queda dos fios. E eu vou te mostrar agora algumas possibilidades.
1 – Hereditariedade
Uma das razões para a perda de cabelo, como já falei aqui, é a genética. Esse é um dos motivos mais comuns para a queda dos fios e, geralmente, é o tipo mais difícil de evitar.
Caso alguém da sua família tenha ficado calvo, é bem provável que você desenvolva a calvície também. Por ser mais complexo, é importante ficar de olho e procurar um especialista assim que começar os sintomas.

 

2 – Alimentação
Já falei várias vezes nos meus vídeos do Facebook que a alimentação influencia diretamente na pele e cabelo.
O pior é que, hoje em dia, muitas pessoas não cuidam da alimentação por não ter tempo; a maioria come produtos industrializados, que faltam nutrientes e proteínas, interferindo diretamente nos fios.
A alimentação não leva a alopecia androgenética ou a calvície, mas pode colaborar com a piora da doença, uma vez que gera queda de cabelos (eflúvio). A presença de eflúvio descontrolado em alguém com calvície pode piorar bastante o aspecto geral dos cabelos, fazendo a doença parecer pior.

 

3 – Inflamação crônica associada a caspa
Você pode estar pensando agora: “Mas eu sempre lavo os meus cabelos, me alimento bem e não tenho histórico familiar de calvície. Como estou perdendo os fios?”
Nem sempre a higiene incorreta é feita por causa de desleixo, mas pode ser por um enxágue superficial, acúmulo de restos de produtos, oleosidade etc.
Então, procure verificar se você tem oleosidade excessiva do couro cabeludo ou presença de caspa. Caso você tenha esse problema, é mais um dado que o dermatologista irá levar em conta na hora de começar um tratamento para você!

 

4 – Estresse
Ao descobrir uma doença, traição, acidente ou alguma outra situação que gere uma carga emocional muito alta, isso pode levar a aumento de hormônios do estresse e influenciar no ciclo capilar!
É claro que o estresse isolado não pode ser o único responsável pela queda dos fios, mas ele pode ser um deflagrante e, assim como a má alimentação, sob o efeito do estresse, é possível que o seu cabelo comece a cair.

 

5 – Hormônios
Alterações hormonais também causam queda de cabelo e isso acontece em várias fases da vida (principalmente na adolescência, como já falei aqui) e esse pode ser um fator para a perda dos fios. Muitas vezes, podemos até descobrir problemas mais sérios através dos cabelos!

 

6 – Uso demasiado de remédios
Alguns tipos de medicamentos têm efeitos colaterais e um deles pode ser queda de cabelos – como os anticoagulantes, antidepressivos ou remédios para pressão, por exemplo.
A calvície pode piorar os sintomas com o uso de algumas medicações. Nunca se esqueça de contar para o seu dermatologista todos os medicamentos em uso!

 

7 – Hipotireoidismo
Ao não ter um funcionamento correto da tireóide, é comum que alguns hormônios não sejam produzidos na quantidade ou na forma correta. Alguns deles são essenciais para o seu metabolismo e podem interferir no crescimento dos seus fios.

Então, se você suspeita que tem hipotireoidismo, procure um endocrinologista para confirmar esse diagnóstico e começar um tratamento correto, fazendo a suplementação com iodo.

 

Calvície tem tratamento, mas é importante se cuidar!

Tome as atitudes necessárias para evitar a queda dos fios, mas caso isso não seja possível e você esteja sofrendo com a perda de cabelo, tome uma atitude primordial:

Converse com um especialista em cabelos, confira o melhor tratamento para o seu caso e recupere sua autoestima e confiança.

Nesse vídeo eu explico um pouco melhor sobre a queda de cabelos ou eflúvio que, como dito no texto, pode piorar o aspecto da calvície! Assista e entenda melhor sobre os vários problemas diferentes que podem surgir nos cabelos!

 

Gostou ? Compartilhe!

Sem Comentários

Deixe um Comentário