Notícias/Artigos

Blog

Síndrome das unhas frágeis: o que é, causas e tratamentos

Olá, pessoal! Eu sou a Dra. Tatiana Gabbi e hoje resolvi trazer um assunto que todos me perguntam pelas redes sociais e até nas consultas: síndrome das unhas frágeis.

O primeiro ponto importante para o paciente entender é que síndrome é um conjunto de sinais e sintomas. Ou seja, não é uma doença; é um sinal, um sintoma ou um conjunto deles.

No caso da síndrome das unhas frágeis, os sinais são as unhas quebradiças e podem ser, inclusive, dolorosas. Geralmente, a síndrome das unhas frágeis envolve unhas quebradiças que descamam.

Quer saber mais sobre o assunto e tirar as suas dúvidas? É simples: fique juntinho comigo até o fim do artigo e vou te passar as principais informações sobre a síndrome das unhas frágeis.

 

O que é realmente a síndrome das unhas frágeis?

A síndrome das unhas frágeis é caracterizada por unhas secas e quebradiças e pode significar uma série de coisas diferentes.

Não há um tratamento único, pois pode se apresentar da mesma forma em duas pessoas diferentes e, para cada uma delas, representar um problema completamente diferente na origem.

Por exemplo: uma pessoa pode ter unhas fracas pq iniciou uma dieta bastante restritiva há 6 meses; enquanto que uma outra pessoa pode estar com isso por alterações no intestino ou até mesmo por excesso de contato com produtos químicos sem o uso de luvas protetoras.

 

Causas da síndrome

Existem várias causas para a síndrome das unhas frágeis e, entre elas, existem:

– Distúrbios nutricionais
– Quando você tira muita cutícula
– Pode estar associado a algumas doenças que fragilizam as unhas
– Entre outros

Mas chamamos de síndrome das unhas frágeis quando excluímos as doenças. Então a causa não tem a ver com doenças dermatológicas que fragilizam as unhas.

Na síndrome das unhas frágeis, você tem um defeito na fábrica da unha, produzindo uma unha com dificuldade de reter água e deixando-a extremamente seca (por isso, ela descama).

 

Tratamento para a síndrome

Dentre os principais tratamentos que fazemos no consultório é pesquisar para entender por quais motivos isso está acontecendo em uma pessoa que nunca teve e agora está com os sintomas.

Pode ser que o paciente tenha mudado alguma coisa na alimentação ou surgiu algum problema na tireóide, por exemplo. Então, precisamos fazer uma investigação primeiro, dependendo do aspecto que essas unhas têm.

Não indicamos para esses pacientes, por exemplo, os esmaltes fortalecedores, porque eles vão deixar a placa mais grossa sim, só que vão fazer com que sua unha perca mais água. Ou seja, sua unha acaba se tornando mais frágil a médio e longo prazo.

Então, os esmaltes fortalecedores que endurecem as unhas não são os ideais para esse tipo de quadro. Eles são indicados para unhas moles, que são o contrário da síndrome: as unhas moles acumulam muita água.

Entenda: a unha frágil é falta de água; a unha mole é excesso de água. Então, usar esmaltes fortalecedores (que têm formol) não é indicado.
Nós indicamos outros esmaltes, caso o paciente queira usar, que não tenham esse composto e que não fragilize as unhas.
Aqui, vamos pedir para essa pessoa hidratar as unhas e tomar outras medidas antes de passar qualquer tratamento para a síndrome das unhas frágeis. Vamos falar sobre elas a seguir!

 

Medidas para evitar a síndrome das unhas frágeis

Além de descobrirmos o que está acontecendo para poder corrigir esse problema que levou ao quadro, podemos tomar as seguintes medidas que sempre ajudam:

1) Evitar remover as cutículas
2) Hidratar
3) Não arrancar as casquinhas do esmalte pq isso fragiliza ainda mais
4) Não usar endurecedor (agrava o problema)

Sei que já falei aqui para você hidratar, mas esse passo é realmente muito importante no caso da síndrome das unhas frágeis.

Então, hidrate sempre antes de dormir, mesmo que esteja com esmalte, porque alguma coisa é absorvida ao redor da unha.

Além disso, evite o grande vilão da fragilidade da unha: os produtos químicos. Caso seja necessário lidar com esses produtos, use luvas sempre.

Quando o paciente tem doenças na articulação, isso acaba prejudicando ainda mais a unha por conta da proximidade que ela tem com a unha.

Em casos como esse, o tratamento deve ser feito com um dermatologista e um reumatologista, tomando os cuidados não só com as unhas, mas com a articulação também, já que essa pode ser a causa das unhas frágeis.

E então, tem alguma dúvida sobre o assunto? Precisa de ajuda? Entre em contato comigo e agende uma consulta. Se você quiser tirar uma dúvida rápida, pode deixar um comentário que eu te respondo.

P.S.: Você pode me seguir também nas redes sociais, como Instagram e LinkedIn para ficar por dentro de outros conteúdos bacanas! <3

Gostou ? Compartilhe!

Sem Comentários

Deixe um Comentário