No dia 14 de fevereiro, tive a oportunidade de participar na Pós graduação de Nutrologia do Hospital Albert Einstein, com a aula de Evidências da Nutroterapia nas doenças de pele! É um prazer e uma honra contribuir com a formação dos futuros nutrólogos!

 

Sobre o Curso
O programa do Curso de Pós-Graduação em Nutrologia tem metodologia ativa, baseada em teoria e prática com estudo de casos clínicos, estágio observacional e simulação realística. Concebido com o objetivo de capacitar o médico para aprimorar seu atendimento, senso crítico e atuação na resolução de patologias Nutrológicas.

A proposta é ampliar o conhecimento sob o ponto de vista da assistência à saúde e da qualidade de vida do paciente considerando a integralidade do ser humano. Assim, o aluno terá subsídios para indicar a melhor terapia nutrológica para cada situação, bem como monitorizar e manejar as possíveis complicações de maneira correta afim de colaborar com um resultado clínico favorável.

LEIA MAIS

Atendo no meu consultório em São Paulo, mas dedico uma parte substancial do meu tempo ensinando as futuras gerações.

Faço parte do corpo clínico do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, uma instituição centenária e exemplar. Sou muito grata à minha profissão, meu ikigai. Que todos possam ser felizes e plenos e que vivam em paz e harmonia.

Feliz dia do dermatologista para todos os meus colegas!

Sobre a SBD

Com quase 10 mil dermatologistas em atividade, cuidando da saúde e do bem-estar de milhões de pessoas em todo o Brasil, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) lançou um minidocumentário que destaca a formação profissional e ética desses especialistas comprometidos com a qualidade do atendimento em diferentes frentes da dermatologia como a clínica, a cirurgia e a cosmiatria.

O vídeo faz parte das comemorações pelo Dia do Dermatologista (5 de fevereiro). Não deixe de assistir!

 

Fonte: SBD | Sociedade Brasileira de Dermatologia

LEIA MAIS

A Série Manual do Médico-Residente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP tem por objetivo difundir os conhecimentos da prática e assistência médica, altamente qualificadas, ora desenvolvidas no complexo HCFMUSP, por sinal, o maior da América Latina. O complexo HCFMUSP dispõe de um centro médico hospitalar amplo, bem estruturado e moderno, com os melhores recursos diagnósticos e terapêuticos para o treinamento adequado dos residentes.

Assinala-se os residentes contarem permanentemente com médicos preceptores exclusivos, médicos-assistentes e docentes altamente capacitados para o ensino da Medicina em seu viés prático – a base da residência médica.

A Série Manual do Médico-Residente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina Da Universidade de São Paulo – HCFMUSP será útil não apenas para os residentes do próprio HC, como será também validada e seguida por outros centros acadêmicos e de formação profissional de Medicina nas diversas regiões do Brasil.

Atualmente, os programas de residência médica dessa instituição abrangem quase todas as especialidades e áreas de atuação médica. Totalizam cerca de 1.600 médicos em treinamento.

No volume Dermatologia – aborda a semiologia dermatológica, classifica as inúmeras dermatoses de acordo com a etiologia e topografia, e serve como guia prático para o diagnóstico e as condutas das aqui referidas dermatoses. Seu texto é de didática e dinâmica, marcado por exposição linear e inteligente, além de ser ricamente ilustrado em cores.

Dra. Tatiana Gabbi escreveu sobre as doenças das unhas que são muito frequentes na prática diária do médico dermatologista. Apesar de serem estruturas relativamente pequenas, alterações ungueais estão associadas a dor e a inflamação persistentes. O capítulo aborda doenças relativamente comuns do aparelho ungueal, as quais todo dermatologista deve saber reconhecer a fim de orientar o tratamento.

LEIA MAIS

O onicopapiloma é uma lesão benigna que pode se infectar secundariamente com pseudomonas e ficar esverdeada.

Essa coloração verde escura pode confundir com preto ou marrom, deixando os pacientes muito estressados com a possibilidade de melanoniquia estriada.

De qualquer forma, o onicopapiloma é um diferencial para algumas outras lesões e pode ser necessário fazer uma biopsia para confirmar ou afastar esse diagnóstico!

LEIA MAIS