A Série Manual do Médico-Residente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP tem por objetivo difundir os conhecimentos da prática e assistência médica, altamente qualificadas, ora desenvolvidas no complexo HCFMUSP, por sinal, o maior da América Latina. O complexo HCFMUSP dispõe de um centro médico hospitalar amplo, bem estruturado e moderno, com os melhores recursos diagnósticos e terapêuticos para o treinamento adequado dos residentes.

Assinala-se os residentes contarem permanentemente com médicos preceptores exclusivos, médicos-assistentes e docentes altamente capacitados para o ensino da Medicina em seu viés prático – a base da residência médica.

A Série Manual do Médico-Residente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina Da Universidade de São Paulo – HCFMUSP será útil não apenas para os residentes do próprio HC, como será também validada e seguida por outros centros acadêmicos e de formação profissional de Medicina nas diversas regiões do Brasil.

Atualmente, os programas de residência médica dessa instituição abrangem quase todas as especialidades e áreas de atuação médica. Totalizam cerca de 1.600 médicos em treinamento.

No volume Dermatologia – aborda a semiologia dermatológica, classifica as inúmeras dermatoses de acordo com a etiologia e topografia, e serve como guia prático para o diagnóstico e as condutas das aqui referidas dermatoses. Seu texto é de didática e dinâmica, marcado por exposição linear e inteligente, além de ser ricamente ilustrado em cores.

Dra. Tatiana Gabbi escreveu sobre as doenças das unhas que são muito frequentes na prática diária do médico dermatologista. Apesar de serem estruturas relativamente pequenas, alterações ungueais estão associadas a dor e a inflamação persistentes. O capítulo aborda doenças relativamente comuns do aparelho ungueal, as quais todo dermatologista deve saber reconhecer a fim de orientar o tratamento.

LEIA MAIS

A minha segunda participação na CILAD foi em um bloco de terapêutica dermatológica para os 100 primeiros inscritos nesse congresso. Na sala, foram discutidos diversos tratamentos comuns no consultório de dermatologia.

Tivemos apresentações sobre doenças, como rosácea, acne, pele sensível, verrugas, cicatrizes de acne, doenças ungueais e pessoas que já tiveram câncer de pele ou que são mais dispostas a desenvolver.

Eu falei sobre as alterações ungueais que deixam as unhas feias e que levam o paciente a procurar o consultório médico.

Falei bastante sobre a síndrome das unhas frágeis e seus tratamentos locais e com medicamentos orais, também sobre a unha em garra e a unha em telha.

Sobre as unhas fracas, eu já falei bastante aqui no blog. Se você quiser saber mais sobre isso, é só clicar aqui.

Em relação às unhas em telha, que ficam espessadas, deformadas e podem causar uma dor insuportável, eu já discuti brevemente, quando falei sobre unhas doloridas.

No entanto, eu nunca falei sobre a unha em garra ou onicogrifose por aqui! Vai ser tema para uma próxima postagem, com certeza! Aguardem!

Seguem fotos do evento:

LEIA MAIS