Esse é um assunto que venho estudando há alguns anos e me levou a fazer uma pós-graduação em nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) no ano de 2017.

Também foi tema de duas das minhas palestras mais recentes.

Uma no fim de março, no Rio de Janeiro, durante o 2º Simpósio de Envelhecimento da SBD, e outra, no início de abril, em São Paulo, durante o III Simpósio de Cabelos e Unhas da SBD- Regional São Paulo.

Vários suplementos podem nos ajudar, seja no envelhecimento da pele, seja no tratamento de alterações de cabelos e unhas.

No entanto, nenhum desses compostos tem a capacidade de resolver milagrosamente todos os problemas de forma definitiva e, na realidade, faz parte de uma estratégia de tratamento.

Essa estratégia precisa (entenda isso) ser individualizada porque ninguém é igual ao outro, nem geneticamente, nem em termos de exposição ambiental.

Cabe ao médico, juntamente com o paciente, estabelecer quais suplementos farão parte dessa estratégia (e, talvez, para que ela seja bem-sucedida, o paciente deva incluir algumas mudanças de estilo de vida, como incorporação de hábitos e abandono de alguns vícios).

E é por isso que não tenho como responder às perguntas: “Que creme é bom para não envelhecer?” ou “O que preciso tomar para o meu cabelo parar de cair?”.

Tudo isso depende de quem pergunta e de uma conduta que será elaborada a partir de uma avaliação ou consulta médica, feita no lugar apropriado para isso, que é o consultório.

Seguem fotos dos eventos que participei e espero que eu tenha esclarecido algumas das dúvidas de vocês sobre esse tema.

No meu Instagram @dratatianagabbi eu falo bastante sobre esse assunto e tenho alguns vídeos esclarecedores sobre o assunto. Me segue lá!

LEIA MAIS