Os adereços de carnaval podem causar problemas na pele e até mesmo nos olhos. No Bem Estar, o oftalmologista Renato Neves e a dermatologista Tatiana Gabbi e consultora Márcia Purceli deram dicas e falaram sobre os cuidados nesses dias de folia.

A primeira dica é: use filtro solar! Se optar pelos filtros coloridos para ‘brincar’, não esqueça de aplicar o protetor convencional antes. Quem vai curtir o carnaval ao ar livre pode optar pelo filtro solar infantil, que tem alto fator de proteção e é mais resistente à água. Outra proteção bem-vinda é o chapéu – incrementa a fantasia e bloqueia o sol.

Na hora de se preparar para a festa, as pessoas abusam da maquiagem, tinta, purpurina e até tatuagem. Evite maquiagens de baixa qualidade para não ter uma alergia. E nada de compartilhar seus produtos, para não correr o risco de compartilhar vírus e bactérias. Tinta no corpo só se tiver no rótulo o aviso: testado dermatologicamente.

Use um pó compacto antes de aplicar a purpurina. E não durma com ela no rosto. Para tirar, use demaquilante. Passe suavemente, para não irritar ou machucar a pele. Tatuagem temporária também está liberada, só fique atento a um possível processo de alergia. Cabelo colorido também pode! Os sprays saem com água e não agridem o fio.

Evite rasteirinhas e chinelos no carnaval. A melhor opção é aquele tênis confortável.

E o que está proibido? Problemas na pele e nos olhos

Lente de contato artificiais. Segundo o oftalmologista, essas lentes são muito grossas e tem curvatura única, diferentemente das lentes compradas em óticas e farmácias. Se quer usar lente diferente, consulte um médico. Nada de colocar purpurina nos olhos também. Se cair dentro dos olhos, pode riscar a córnea e provocar uma lesão. E óculos no sol só se tiver proteção UV.

Assista aqui o vídeo na íntrega! Problemas na pele e nos olhos

Fonte: Bem Estar | www.globo.com

LEIA MAIS

É comum ver o Sol brilhar o tempo inteiro no nosso país tropical e é esse clima que faz com que as praias lotem no verão. Mas você já parou para pensar em como se proteger do Sol?

E não estou falando só de quando vai à praia, mas também nos momentos em que precisa sair para resolver alguma situação ou fazer qualquer outra atividade.

Sempre que você sai, você se expõe ao Sol e isso é ruim para a sua pele; por isso a proteção diária é importantíssima!

O horário correto para pegar sol é antes das 10h e após as 16h, mas a gente sabe que o tempo quente é um estímulo extra para as atividades ao ar livre.

Porém, isso demanda cuidado extra com queimaduras, desidratação, câncer de pele e outros problemas.

Para aproveitar o clima sem colocar a saúde em risco, criei uma listinha com 8 dicas para se proteger do Sol. Confira!


8 dicas para se proteger do Sol

1 – Aplique o protetor solar antes de sair de casa. O corpo leva pelo menos 30 minutos para absorver o produto;

2 – Aposte em filtros solares com alto FPS, principalmente para as crianças;

3 – Reaplique o filtro solar toda vez que entrar na água ou quando suar demais. O ideal também é utilizar novamente o produto dentro de 2 ou 3 horas;

4 – Use chapéus, bonés e óculos de sol, que ajudam a evitar catarata e outras lesões nos olhos;

5 – Bebês e crianças podem usar roupas de proteção solar. Filtros solares só a partir dos 6 meses;

6 – Na praia, procure usar guarda-sóis e se abrigar na sombra;

7 – Aumente a ingestão de líquidos;

8 – Aplique um bom hidratante para manter a quantidade de água na pele.

 

Importância de se proteger do sol

A radiação ultravioleta pode atingir uma camada superficial da sua pele (a epiderme), mas a radiação infravermelha e a luz visível atingem sua derme.

Isso interfere no seu colágeno – proteína que dá firmeza para a sua pele – e faz com que você sofra com o envelhecimento antes da hora.

Um outro ponto é que a luz visível pode piorar ou até desencadear várias doenças na pele, como melasma (manchas), alergias e urticária.

Antes das 10h ou depois das 17h, você pode pegar aquele solzinho para formar a vitamina D e também aproveitar os outros benefícios que o Sol traz para o corpo.

Mas entre esses horários, os raios solares podem prejudicar muito a sua pele – não só o rosto, como também o corpo.

Por isso, use o protetor solar todos os dias e aproveite essas dicas de como se proteger do Sol para ter uma pele saudável, jovem e iluminada.

Tem alguma dúvida? Deixe um comentário que eu te ajudo!

P.S.: Leia também este artigo sobre melanoma e saiba mais sobre esse câncer de pele.

E se você gosta de conteúdos como esse, me siga também no Instagram, onde sempre posto dicas interessantes!

Um beijo e até a próxima!

 

Publicado por Dra. Tatiana Gabbi

LEIA MAIS

Hoje estive no Panorama da TV Cultura juntamente com a Dra. Juliana, do Hospital AC Camargo, discutindo questões referentes aos cuidados com a pele no verão.

Foi uma experiência incrível nos estúdios da TV Cultura e fiquei extremamente feliz por ter participado.

Achei o programa bastante esclarecedor, pois falamos sobre uma série de mitos que envolvem o tema, como o uso do filtro solar e a questão da vitamina D, por exemplo.

O resultado você confere neste link.

Seguem fotos do programa.


LEIA MAIS

No sábado dia 22/12/18, eu concedi uma entrevista para o Fernando Andrade da rádio CBN acerca do tema Dezembro Laranja da SBD.

Pelo quinto ano consecutivo, a Sociedade Brasileira de Dermatologia, apoiada pela Associação Médica Brasileira e pelo Conselho Federal de Medicina, conduz a campanha do Dezembro Laranja, que alerta para os riscos do câncer de pele. O slogan da campanha esse ano “se exponha mas não se queime”, faz uma analogia com as redes sociais. A ideia é mostrar que é possível aproveitar o que o sol tem de bom e, ao mesmo tempo, evitar os seus efeitos nocivos.

A campanha

A ação teve início já no primeiro dia do mês quando 4 mil médicos dermatologistas e voluntários foram mobilizados para atender gratuitamente cerca de 30 mil brasileiros que procuraram os 132 postos de atendimento espalhados por vários estados do país. Já é o vigésimo ano que essa campanha preventiva busca sinais de câncer de pele na população e a orienta no sentido de evitar o problema. Já fizemos mais de 500 mil consultas gratuitas e orientações nessas ocasiões.

Câncer de pele

O câncer de pele não melanoma responde por 30% de todos os cânceres e estima-se que teremos 165.580 casos novos no ano de 2018. A mortalidade desse tipo de câncer felizmente é baixa. Em 2015 foram 1958 mortes. Já o melanoma, mais agressivo, é mais raro, respondendo por menos de 3% de todos os cânceres de pele. Para você ter uma ideia isso significa 6260 casos novos por ano e cerca de 1794 mortes no ano de 2015. É importante lembrar mais uma vez que o diagnóstico precoce leva a cura em mais de 90% dos casos.

Dezembro Laranja

Esses números justificam a campanha uma vez que o câncer de pele é prevenível e principalmente, curável, se detectado precocemente. É fundamental saber como e quando se expor ao sol, bem como reconhecer os sinais de que há algo de errado com a sua pele. Esse serão os temas de nossas próximas duas publicações. Fique atento para não perder essas informações super importantes!!!

Seguem fotos e link para o site da SBD onde você encontra mais informações sobre a campanha.

Ouça abaixo ou veja no youtube.

.

 

LEIA MAIS

Todos sabemos da importância do filtro solar quando nos expomos ao sol por períodos prolongados, seja na praia, piscina ou durante atividades esportivas ao ar livre. Mas uma dúvida que muitos têm é em relação ao uso diário do filtro solar. É importante? Todos devem usar? E a vitamina D, como é que fica?

A exposição à luz solar gera alterações irreversíveis e cumulativas no DNA das nossas células da pele. Com o tempo, a produção de colágeno e da elastina, responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele, fica menos efetiva. Além disso, surgem manchas características que denunciam o passar dos anos. Uma forma de retardar e prevenir tudo isso é com o uso diário do filtro solar, sobretudo na pele do rosto e das mãos.

Algumas pessoas desenvolvem câncer de pele ou doenças cutâneas que pioram com o sol. Nesses casos, não há o que fazer: o filtro solar é necessário para evitar que mais dano solar se some ao que já aconteceu. Quanto mais jovem o indivíduo quando desenvolveu o câncer de pele, mais importante é o uso do filtro solar diariamente.

 

Vitamina D  filtro solar

Quanto à produção de vitamina D: realmente a vitamina D é produzida na pele e com a exposição ao sol mais forte, aquele das 10h às 16h. Isso porque a gordura presente na pele (colesterol) precisa ser quebrada pelo UVB do sol para ser absorvida pelo organismo.

Sobre esse tema, temos 5 reflexões importantes:

1) Ainda não existem filtros solares que permitem a produção de vitamina D, mas eles estão em estudo e devem surgir futuramente!

2) Por enquanto a recomendação deve ser individualizada: pessoas que já tiveram câncer de pele, que têm câncer de pele ou com risco elevado para o desenvolvimento desse tipo de problema não devem se expor ao sol sem o uso do filtro solar e de outras medidas fotoprotetoras.

3) Pessoas com doenças que pioram com a exposição ao sol tampouco devem se expor ao sol com o objetivo de produzir vitamina D. Tanto aqui como no caso anterior, é necessário suplementar esses indivíduos, se porventura eles sejam deficientes. Em alguns países, adota-se a suplementação sistemática nesses casos.

4) Para produzir vitamina D, não é necessário ficar vermelho! Precisamos de uma dose que varia de pele para pele, sendo menor nos indivíduos de pele mais clara e maior naqueles de pele mais escura. Isso acontece porque a melanina atrapalha a produção de vitamina D, então ficar bronzeado não é uma boa estratégia para quem é deficiente da vitamina D.

5) Em média, no nosso país, necessitamos de 10-20 minutos de sol do meio-dia, 3 vezes por semana, com exposição de braços e pernas. A exposição excessiva ao sol consome a vitamina D produzida, uma vez que ela acaba sendo utilizada no reparo dos danos causados pele sol.

 

Para saber mais:

E aí, o que achou? Ainda tem dúvida sobre o filtro solar para a sua pele? É só ir no meu instagram e deixar uma pergunta lá – vou ficar muito feliz em te responder. Ou entre em contato e agende a sua consulta.

 

Obrigada e até a próxima!

Postado por Tatiana Gabbi

LEIA MAIS