Olá, eu sou a Dra. Tatiana Gabbi, sou médica dermatologista, e hoje, a pedido de vocês que me acompanham aqui e nas redes sociais, vou esclarecer sobre manchas escuras nas unhas!

Manchas escuras nas unhas são aqueles risquinhos verticais, que aparecem nas unhas e que parece que a unha foi tingida, marcada com uma canetinha. Você já viu algo parecido?

É um assunto que sempre me perguntam, e que sempre gera dúvidas sobre se é grave ou não, se é preciso intervenção cirúrgica ou se é possível apenas acompanhar.

A resposta é que… depende! Cada caso é um e precisa ser investigado.

Mas você deve sim procurar um médico dermatologista, pois essas manchas podem indicar que alguma coisa não vai bem com a sua saúde!

Nesse post você vai entender tudinho sobre o assunto!  Continue comigo até o final!

Vamos lá?

 

O que são as manchas escuras nas unhas?

As manchas escuras nas unhas apresentadas como um risco vertical geralmente refletem uma mancha que está presente na fábrica da unha, e, como tal, essa mancha na maior parte das vezes é benigna, mas pode significar um tumor grave.

Como esse tipo de mancha vertical e escura nas unhas pode significar várias coisas,  para descobrir exatamente qual é a sua origem e causa, é preciso consultar um médico dermatologista.

 

O que devo fazer se notar manchas escuras nas minhas unhas?

Se você notar manchas escuras nas unhas, você deve procurar um médico dermatologista para uma consulta. Não importa se você sinta dor ou qualquer outro sintoma, o simples aparecimento desse tipo de mancha já é motivo para agendar uma consulta.

Como eu disse anteriormente, enquanto essa mancha pode não ser nada demais, ela pode significar algo mais grave como até um tumor maligno.

Por isso é muito importante que todo mundo que note alguma mancha desse tipo nas unhas, faça uma consulta dermatológica e um acompanhamento seriado com fotografias e visitas regulares ao médico dermatologista.

 

Como é dado o diagnóstico das manchas escuras nas unhas?

Para chegar a um diagnóstico de um caso, é preciso se consultar presencialmente com um médico dermatologista, pois não é possível fazer uma análise somente através de fotos, já que é necessário realizar uma dermatoscopia e fazer um segmento.

Em alguns casos, será necessário fazer um procedimento cirúrgico para obter uma amostra do material para ser analisado – procedimento que recebe o nome de biópsia – em outros casos, a coleta de amostra não será necessária.

Dessa forma, será possível dizer se as manchas nas unhas são benignas, se são malignas, se há necessidade de se fazer algum procedimento ou não.

 

Como tratar manchas escuras nas unhas?

Como disse, é preciso avaliar caso a caso, pois o tratamento vai depender de acordo com a causa.

Quando a mancha escura na unha é causada por um agente benigno, pode ser facilmente tratada, mas, caso seja um caso mais sério como uma lesão cancerígena, o tratamento é outro, com maior complexidade, obviamente.

Tive um pacientinho de 8 anos com uma mancha na unha que segui por 1 ano, por exemplo, em que a mancha clareou e, portanto, não foi necessário tomar mais nenhuma ação.

Em algumas crianças, ela cresce e alarga muito rapidamente e é mais prudente fazermos biopsia, portanto só dá para dizer o que fazer quando acompanhamos de perto esses casos com registro fotográfico seriado e exame clínico e dermatoscópico.

Não há “o melhor tratamento para essa doença“ e sim a melhor conduta para cada paciente, individualmente!

 

Você precisa de ajuda ou ainda tem dúvidas?

Eu espero que vocês tenham entendido, e se vocês gostaram, comentem aqui embaixo!

Caso tenha ficado alguma dúvida sobre esse tema, ou você tenha outras dúvidas dentro do universo da dermatologia, é só falar aqui nos comentários também!

E para qualquer problema que você tenha, estou aqui para ajudar, clique aqui para entrar em contato ou caso deseje marcar uma consulta!

Estou disponível para vídeo consultas enquanto durar a pandemia, e também atendo de forma presencial, no meu consultório no bairro Jardim Paulista, com horários espaçados e todos os cuidados necessários para garantir o bem estar dos pacientes nesse momento que estamos vivendo.

Um beijo, e até a próxima!

PS: Se esse é um tipo de conteúdo que te interessa, me segue lá no instagram, onde posto muitas coisas legais!

Publicado por Dra. Tatiana Gabbi

LEIA MAIS

Palestrei em Curitiba, no último feriado (07), sobre as manchas nas unhas, no Congresso Brasileiro de Dermatologia. 

Você sabia que algumas doenças podem manchar as unhas? Isso é chamado de cromoníquia (cromo de cor; níquia de unha).

É o caso das manchas brancas, escuras, amarelas, vermelhas, roxas, azuis, verdes e laranjas. Eu já falei sobre esse mesmo assunto neste post.

A causa mais comum de manchas brancas nas unhas é o trauma da matriz! Evite remover as cutículas se você tem esse problema.

Já a causa mais comum de unha escura também é o trauma, especialmente se tiver presente em mais de uma unha, em uma pessoa que tem facilidade de se bronzear!

Caso seja em uma unha só: procure o médico dermatologista! Já falamos sobre o risco escuro que surge nas unhas aqui.

As amarelas e as verdes têm a ver com infecções e merecem um tratamento com dermatologista porque há diferenciais importantes e é necessário o uso de antibióticos.

As unhas vermelhas também podem surgir após trauma, mas, frequentemente, estão associadas a doenças e devem ser acompanhadas e tratadas pelo dermatologista, especialmente se acompanhadas de dor!

Veja mais sobre unhas doloridas aqui.

As unhas azuis são raras e estão associadas a uma reação causada por remédios, mas podem significar tumores benignos e malignos, especialmente quando presentes em um único dedo.

As manchas roxas nas unhas geralmente indicam a presença de um hematoma, mas se a unha não crescer saudável é mais um motivo para buscar ajuda!

Veja a explicação aqui.

Já teve alguma dessas manchas? Conta aqui pra gente nos comentários!!

LEIA MAIS