A fenolização da matriz após o corte longitudinal da lâmina, é uma técnica de cirurgia da unha encravada que tem alta taxa de resolutividade e pouca ou nenhuma dor no pós-operatório.

O fenol é um produto cáustico que promove a destruição da fábrica da unha, evitando que ela se forme novamente após o contato por tempo adequado.

Antes de aplicar o cotonete no local, nós costumamos retirar o excesso de fenol para reduzir o processo inflamatório do pós operatório. No entanto, é perfeitamente normal que isso aconteça em maior ou menor grau.

Alguns pacientes podem, em algumas situações, apresentar reações exuberantes à aplicação deste produto! Por esse motivo, o seguimento no tempo pós operatório é fundamental.

Na maior parte dos casos, a cirurgia é resolutiva, mas podemos ter que reoperar em algumas situações.

De qualquer forma, essa é a técnica preferida para a maioria dos casos. Quando as dobras estão muito exuberantes, precisamos utilizar técnicas combinadas ou a cirurgia do super U, que já foi explicada neste post anterior!

Tudo isso é discutido com o paciente na avaliação pré operatória. Para saber mais sobre como funciona a fenolização da unha ou agendar uma consulta, entre em contato por aqui. E Continue me seguindo nas redes sociais!

Postado por Dra. Tatiana Gabbi | Dra. Tatiana Gabbi

LEIA MAIS

Sempre que possível optamos pelo tratamento das unhas encravadas com fenol, devido à melhor recuperação e conforto para o paciente no período pós-operatório.

O fenol é uma substância cáustica que provoca queimadura e destruição da matriz ou fábrica da unha. Ele é aplicado na matriz após o corte do canto com esse objetivo.

Dessa forma, o canto vai parar de ser fabricado e, assim, teremos um excelente resultado tanto do ponto de vista estético como funcional.

Uma vez que, nessa cirurgia, não são necessários pontos, a dor é muito menor! Além disso, o fenol tem a propriedade de “enganar” as terminações nervosas e – por esse motivo também – os pacientes, às vezes, observam um formigamento temporário no pós-operatório (ou seja: desaparece com o passar do tempo).

Outra coisa que costuma acontecer nos primeiros dias após o procedimento é uma inflamação discreta e a saída de um líquido claro.

Trata-se da queimadura causada pelo fenol! Isso não deve gerar angústia ou preocupação, pois faz parte do esperado!

É por esse motivo que muitos médicos optam em deixar os pacientes com antibióticos após o procedimento: essa queimadura, aliada à “aflição” do paciente em realizar a higienização adequada da ferida, pode levar a uma infecção do local da cirurgia.

No próximo post vamos falar dos cuidados no pós-operatório!

Espero que tenham gostado do post. Se tiverem dúvidas, deixem aqui nos comentários!

 

LEIA MAIS